sábado, 11 de julho de 2009

Em busca da Verdade!!!! Se Existir?!


A mentira é tão universal quanto o bem e o mal, ela está no inicio da criação, e nos três niveis de conciência. No mundo físico, espiritual e extraterrena todos mentem, por que não podem nos dizer a verdade...estão sempre se escondendo atrás de um véo de mistério e inverdades. Só por que são superiores e nós relez seres inferiores em desenvolvimento, feitos de carbono, respiradores de oxigênio? A verdade não é tão interessante, nem divertido...acabaria com o que conhecemos da humanidade, pois a humanidade foi montada sobre a mentira. Você acha que sobreviveriamos a verdade? Quem nunca mentiu que atire a primeira pedra. Existe verdade sem dor? A mentira que constroi? Afinal a sua vida é construida sobre a verdade ou sob a mentira? Mas isso não quer dizer que devamos aceitar a tudo isso, precisamos lutar para que os fatos cheguem à luz da verdade sempre. Que não se comece nada na mentira e nem termine nela.

A Verdade em Verso e Proza.

Ousa dizer a verdade: nunca vale a pena mentir. / Um erro que precise de uma mentira, acaba por precisar de duas.
George Herbert

Os ideais que iluminaram o meu caminho são a bondade, a beleza e a verdade.
Albert Einstein

Não alcançamos a liberdade buscando a liberdade, mas sim a verdade. A liberdade não é um fim, mas uma consequência.
Léon Tolstoi

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!
Charles Chaplin

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada

Anúncios Google

Greenpeace

Greenpeace