segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Você é Niilista??????

Expressão exacerbada do materialismo e do positivismo, o niilismo é uma doutrina filosófica e política que nega, dentre outras coisas, toda subordinação ao estado, à igreja e à família. Palavra derivada do latim (nihil, ou seja, nada), o niilismo baseia-se na negação, seja da ordem social estabelecida, seja de todas as formas de esteticismo, assim como na defesa do racionalismo científico e do utilitarismo.

Recebendo influência dos pensamentos de Charles Darwin, Ludwig Feuerbach, Friedrich Nietzsche, Herbert Spencer (dentre outros), tal corrente de pensamento surgiu na Rússia czarista do século XIX. Segundo o filósofo alemão Martin Heidegger, a expressão foi empregada pela primeira vez pelo filósofo Friedrich Jacobi em 1799.

De modo geral, o niilismo é uma corrente filosófica que descarta quaisquer valores com o resultado de libertar o ser humano das fascinações ilusórias pela busca da moral e dos bens materiais. Tais fascinações ilusórias — ou crenças — afirmam que tudo o que existe possui valor absoluto, sendo, portanto, um fim para si mesmas (e não um mero meio para alcançar um certo desenvolvimento.)

A pensar o contrário, o niilismo supera o medo da morte e abre a possibilidade de visão acerca de um mundo heróico. Para isso, é mister que a mente necessitada dessa transcendência das realidades enganosas precisa achar uma maneira objetiva de removê-las. Para tal, o melhor método é o niilismo, a saber, a negação de todo e qualquer valor — exceto o significado das experiências e seus posteriores efeitos.

Agora que vc já sabe o que é ser Niilista, alguma coisa familiar lhe parece ou muito pelo contrário. Boa reflexão.!!!!!!!!!

1 comentários:

Blog's de Sissym disse...

Uau, acho que sou a primeira a se adicionar no seu blog, aliás, adoro assuntos ligados a vida fora da terra.
Agradeço sua agradável visita ao meu blog.

Postar um comentário

Pesquisa personalizada

Anúncios Google

Greenpeace

Greenpeace